América/AM é punido e Joinville sobe

Após uma longa novela de quase dois meses, os torcedores e a diretoria do Joinville podem comemorar. O time venceu o julgamento no Pleno do STJD por 6 a 1 e está na Série C de 2011. O América foi punido com a perda de seis pontos, o que o desclassificou, e com uma multa de R$ 300.

O caso Amaral foi o terceiro a ser julgado no Pleno. Antes de começar, a defesa do América/AM tentou fazer com que o julgamento fosse adiado mais uma vez, porém a maioria dos auditores recusou o pedido.

O relator do caso apresentou o relatório e depois o procurador-geral Paulo Schmitt falou em favor ao Joinville. Ele alegou que se foi encontrado algum erro no site da federação, como o América havia dito, teria que ter sido procurado e não ter colocado o jogador em campo.

Após o parecer do procurador, foi a vez do advogado do Joinville se pronunciar. Ele contou que o próprio time amazonense confirmou a irregularidade em entrevistas dadas à imprensa e que a federação não tem culpa alguma. Segundo ele o clube é que não deveria ter escalado o atleta.

O advogado de defesa do América, Osvaldo Sestário, voltou a alegar que a CBF admite falhas no BID. Além disso, ele contou que o jogador Amaral é do clube desde o ano passado, mas sofreu uma lesão. Após se recuperar, o atleta entrou nos jogos contra o Vila Aurora e Joinville apenas por cinco minutos. Por fim, Sestário pediu a absolvição do time.

O relator Paulo Schmitt foi o primeiro a votar. Após dizer que não pode fechar seus olhos para a escalação irregular do jogador, ele votou a favor da punição do América, dando a vaga ao Joinville.

Os auditores Virgílio Val e Caio Rocha seguiram o relator e votaram a favor do JEC. O quarto auditor a votar foi Alberto Puga. Ele alegou que essas questões de irregularidade acontecem apenas nos finais das competições e por isso votou a favor da equipe amazonense.

Apesar do voto contra, o Joinville ainda teve os auditores Dario Rossino e Flávio Zveiter e o presidente da sessão votando a seu favor, o que deu a tão sonhada vaga na Série C ao Tricolor. Resta ao JEC esperar a homologação da CBF confirmando o acesso do Tricolor.


Fonte: FuebolSC

10 comentários:

  1. Tinha perdido a esperaça de acreditar na justiça mas ela foi feita parabens aos auditores do jugamento que prevalecerão a verdade.

    AVANTE JECCCCCCCCCCCC

    ResponderExcluir
  2. A justiça tarda mais não falha, pelo menos nesse julgamento. Demorou mais valeu.

    ResponderExcluir
  3. Não se pode rasgar o regulamento!!!

    Parabéns auditores.

    JEC sempre!!

    ResponderExcluir
  4. Mais um tapetão sem-vergonha!!!! A culpa não é do Joinville, que sem dúvida fará uma série C muito melhor que este time do Amazonas. A revolta é lembrar das maracutaias deste STJD. Não me esqueço do sensacional Caso Sandro Hiroshi, tirou-se os pontos do São Paulo FC e os repassou aos cariocas do Botafogo (havia sido 6X0 para o São Paulo em campo), salvando-os do rebaixamento, e em outros casos idênticos somente se tirava os pontos do infrator e não beneficiava equipe A ou B. STJD = roubalheira. STJD = interesses. STJD = Vergonha!!!!

    ResponderExcluir
  5. Vale lembrar que o Jec ganhou a vaga por um direito, não houve nenhuma virada de mesa, prevaleceu o regulamento.

    ResponderExcluir
  6. Graças a Deus o nosso Jec conseuiu subir

    ResponderExcluir
  7. JEC agora é terceira divisão po@%#¨*, se existisse justiça o JEC subiria e descobrimos que existe, agora é JEC na Série C!

    ResponderExcluir
  8. Jec e minha pik sempre os sulistas roubam nosso futebol

    ResponderExcluir
  9. lamentável que o futebol ainda tenha que ser jogado na mesa dos tribunais. Prevaleceu nesse caso apenas a forma. A substância (futebol) ficou nos extremos da incompetência de dirigentes amadores que se apropriam do nosso ainda apaixonante futebol.

    ResponderExcluir
  10. O JEC é um time que deve lutar sempre e acreditar que é possível voltar à Primeira Divisão.Como torcedor do Coxa, quero mais uma vez agradecer o apoio dado pelos joinvillenses ao time que serviu de bode expiatório, foi execrado e lá na CBF, "eles", devem estar pensando como pode um clube, jogando 29 partidas fora de casa, conseguir voltar à Elite e ainda ser campeao...banana pra eles!! Viva o JEC e viva o COXA!!!

    ResponderExcluir

- Não exagere nos comentários, zoações são permitidas, comentários racistas, xenófobos, preconceituosos serão deletados.

Mural